Profissionais de confiança

competencia-ii

Para que a relação seja sadia e produtiva, é necessário haver confiança, e essa passou a ser uma característica valorizada e imprescindível.

Confiar é prever:

  • Como será o comportamento de uma pessoa em determinada situação. Esta é a confiança nas atitudes.
  • A qualidade do trabalho que ela executará: confiança na técnica.


Isto acontece quando as empresas ou as pessoas entregam a funcionários ou a outras empresas responsabilidades, com a certeza de que serão cumpridas da maneira esperada.

Confiança nas atitudes: diz respeito a questões éticas, como por exemplo, a honestidade. É fundamental para as empresas terem certeza de que um profissional agirá de forma correta, e de acordo com os valores da organização, no relacionamento com todos.

Um empresário somente delegará a alguém a negociação com fornecedores, se confiar que tudo será feito de acordo com os interesses da empresa e não para a obtenção de benefícios próprios.

Já a confiança técnica está na crença das habilidades e conhecimentos que a pessoa terá para desempenhar uma tarefa de acordo com as expectativas.

Benefícios da confiança

O sucesso profissional depende do grau de confiança que merecemos. Além disto, este profissional:

  • Terá maiores oportunidades de realizar trabalhos interessantes e desafiadores;
  • Será mais respeitado;
  • Será mais bem recompensado;

A confiança precisa ser conquistada

Somente confiamos naqueles que já demonstraram serem merecedores, tanto em atitudes quanto tecnicamente. Cabe ao profissional demonstrar e construir um histórico que possibilite aos outros confiarem nele.

A confiança em atitudes, por ser de natureza moral, precisa ser construída e demonstrada nos menores detalhes. Nela não existe meio termo, “confiar um pouco” é desconfiar e, nesta situação, o relacionamento torna-se impossível.

Já na técnica, pode existir uma graduação de confiança. Determinados trabalhos e responsabilidades podem ser entregues para o funcionário A e outros somente para o funcionário B.

Profissões baseadas na confiança


De modo geral, são todas aquelas que se referem a serviços. Portanto, somente veremos o resultado após a entrega. Por exemplo, as que dependem de confiança: médico, advogado, dentista, farmacêutico, enfermeiro, etc.

Teste

A qualidade do seu trabalho merece confiança?


Faça uma auto-análise da qualidade o seu trabalho e, assim, você saberá se está construindo um histórico que permita ser merecedor de confiança.

Assinale com “x” a resposta mais provável para cada uma das situações abaixo:





Como fazer a contagem do exercício:

Some o número de “x” marcados em cada coluna e escreva o total embaixo.

Quanto mais “x” você tiver na coluna SEMPRE, mais próximo você está de merecer o título de profissional de confiança.

Quanto mais “x” você tiver nas colunas QUASE SEMPRE e RARAMENTE, mais precisará trabalhar para desenvolver sua qualidade pessoal e, conseqüentemente ser considerado de confiança.


“Os sentimentos verdadeiros se manifestam mais por atos do que por palavras”. (Shakespeare)

Américo José da Silva Filho é consultor do IDORT

Leave a Reply