Archive for the ‘desempenho’ Category

De quem é a culpa, afinal?

quarta-feira, setembro 9th, 2009


Quem é o culpado pelo baixo desempenho das vendas? De quem é a culpa pelos problemas do Congresso Nacional? Quem é o responsável pelo meu insucesso? Qual é o significado da palavra culpa? O dicionário Aurélio, de forma resumida, define culpa como: “Uma violação ou inobservância de uma regra de conduta, que produz lesão do direito alheio”. É o erro não proposital, caso contrário seria dolo.

Parece que há em nossa mente um dispositivo que, involuntariamente, é acionado sempre que algo indesejável ocorre. Sua função é identificar culpados ao invés de buscar solução. Em meus muitos anos de dedicação em vendas, percebi que ao prestar conta do fraco desempenho, o vendedor quase nunca admite que tenha falhado. Ao contrário disso, gira a “metralhadora” em direção aos “culpados”. Daí, cabe a famosa frase: “Quem quer fazer alguma coisa arruma um meio, quem não quer fazer nada encontra culpados”.

O que muitos não percebem é que culpar o governo, sociedade, ricos, bancos, patrão, colegas, política comercial, preço do produto, Deus ou seja lá o que for, não vai alterar a sua condição para prosperar e tão pouco mudará as suas habilidades. O pior é que de tanto procurar culpados, acabamos incapacitados de identificar a raiz do problema e a solução. E, neste contexto, não esqueçamos do que nos ensinou Ann Landers: “As oportunidades normalmente se apresentam disfarçadas de trabalho árduo e é por isso que muitos não as reconhecem”.

Do que adianta gastarmos energia para dizer, por exemplo, que a culpa da queda das vendas do mês foi do Governo? Ele cobrará de você os impostos do mesmo jeito.

Provavelmente, nem tomará conhecimento de suas críticas e continuará sua trajetória. O que isso traz de benefícios a você? No máximo um alívio pelo desabafo, com potencial de virar vício e levá-lo “ladeira abaixo”.

Você não vai ser premiado somente porque encontrou um culpado. Será recompensado se agir com coragem e determinação reconhecendo que:

- Encontrar culpados é desperdício de energia;

- Assumir completa e irrestrita responsabilidade por sua própria falha é a única “saída” inteligente;

- Não devemos confiar o nosso destino aos outros. “O sucesso é mais transpiração do que inspiração.”

Aprenda tudo que puder, como vender seus produtos e serviços. Se não estiver obtendo sucesso, encontre respontas onde elas provavelmente estejam: no seu interior.

Portanto, se buscamos a otimização de desempenho; se pretendemos conquistar mais clientes; aumentar os ganhos; ser um verdadeiro mestre em nossa área de atuação; recuperar as finanças pessoais ou qualquer outra situação. Assumamos, desde já, que ninguém neste mundo, além de nós mesmos, poderá fazê-lo. Daí, a saída é assumir a nossa responsabilidade, preocupando-nos mais com a consciência do que com a reputação. A nossa consciência é o que realmente somos, já a nossa reputação é o que os outros pensam de nós. E isso é problema deles e não nosso.

Sempre que a nossa mente nos trair em busca de culpados, perguntemo-nos: o que eu mais desejo é encontrar culpados ou ser feliz? Lembre-se: alguns perseguem a felicidade outros a criam.

Pense nisso e ótima semana.